O sistema digestivo e digestão


O sistema digestivo é constituído pelo tubo digestivo (boca, faringe, esófago, estômago, intestino delgado, intestino grosso e ânus), e glândulas digestivas anexas (glândulas salivares, fígado e pâncreas).

sdigestivo4.gif

Os alimentos entram na boca. Os dentes mastigam os alimentos e a língua mistura-os com a saliva formando-se o bolo alimentar
Os alimentos, na boca, transformam-se em bolo alimentar.Este é empurrado pela língua para a faringe, sendo encaminhado para o esófago, impulsionado pelos movimentos peristálticos. É através dos movimentos peristálticos que se pode ficar de cabeça para baixo e, mesmo assim, o alimento chega ao intestino. Entra em acção um mecanismo para fechar a laringe, evitando que o alimento penetre nas vias respiratórias.
Quando a cárdia (esfíncter) se relaxa, permite a passagem do bolo alimentar para o interior do estômago.
O estômago tem a forma de uma bolsa de parede musculosas e elásticas. A sua principal função é a digestão das proteínas. Pode guardar quase um litro e meio de comida. O estômago tem movimentos peristálticos e produz o suco gástrico. O bolo alimentar ao misturar-se com o suco gástrico, auxiliado pelas contracções da musculatura estomacal, transforma-se em quimo.
O quimo é lançado em jactos no intestino delgado.
O intestino delgado é um tubo com pouco mais de 6m de comprimento por 4cm de diâmetro e pode ser dividido em três regiões: duodeno, jejuno e íleo.
No intestino delgado, as contracções rítmicas e os movimentos peristálticos das paredes musculares, movimentam o quimo, ao mesmo tempo em que este é atacado pela bílis, suco pancreático e suco intestinal, sendo transformado em quilo.
O quilo formado por partículas de pequenas dimensões atravessa a parede dos vasos sanguíneos (absorção digestiva) e são levados a todas as células e aí transformam-se na própria matéria das células (assimilação).

O intestino grosso mede cerca de 1,5 m de comprimento e divide-se em cego, cólon ascendente, cólon transverso, cólon descendente, e recto. A saída do recto chama-se ânus e é fechada por um músculo que o rodeia, o esfíncter anal.
O intestino grosso é o local de absorção de água.
No intestino grosso as partes dos alimentos que não foram absorvidas formam as fezes que são evacuadas pelo ânus.